05/07/2022 às 16h25min - Atualizada em 05/07/2022 às 16h25min

ACARÁ, TERRA SEM LEI E POPULAÇÃO REVOLTADA!!

População do Acará nas ruas contra o prefeito Pedrinho da Balsa.

No último sábado, 02 de julho a população do Acará tomou as ruas da cidade fez um protesto em frente a balsa, para demostrar todo o seu repúdio aos desmandos que ocorrem na cidade.

Prefeito Pedrinho da Balsa se gloria pela cidade por ter comprado o mandato da grande maioria dos vereadores, enquanto isso a cidade do Acará agoniza e seu povo sofre por falta de leitos na saúde, por falta de transporte e merenda escolar, e com os principais ramais de acesso a zona rural  intrafegáveis, mas os salários super faturados dos apadrinhados políticos estão em dia.

Funcionários públicos como o senhor João Pinto e a senhora Jorgeane Dahas que ganham salário sem trabalhar, esses são apenas um exemplo da farra com o dinheiro do povo do Acará.




O conhecido Marcinho festeiro e o Iran Pereira com sua esposa que ganham um dinheiro absurdo somente para “fazer a capa como funcionários públicos”.

Ieca, o vice prefeito que acaba de comprar uma aparelhagem chamada Carabao por um alto valor ainda em segredo e que mantém sua esposa com dois empregos, mesmo não cumprindo seu expediente, seguem recebendo em dia seus gordos salários ostentando em Salinas com jóias caras e carros de luxo.



Adriana Fayol ex-secretária de cultura que deixou um rombo de mais de 1 milhão na secretaria de cultura ainda vive impune aos olhos de todos.

Adriana Fayol ex-secretária de cultura que deixou um rombo de mais de 1 milhão na secretaria de cultura ainda vive impune aos olhos de todos.


Segundo denúncias que foram feitas para a Polícia Federal o Ministério público federal o prefeito Pedrinho, juntamente com seu cunhado João da balsa estão comprando a cidade toda pra lavar dinheiro, inclusive dizem que a compra da fazenda do senhor Edwaldo Filho no valor de R$ 1.200.000,00 (um milhão e 200 mil reais) e o sítio da Marta mulher do conhecido seu Bibi no valor estimado em R$ 700.000 (setecentos mil reais), fazem parte da farra do dinheiro público.











 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp