Portal Pará Publicidade 1200x90
11/06/2024 às 10h24min - Atualizada em 26/06/2024 às 00h00min

Flórida Recebe Alívio em Lei Anti-Imigrante e Mantém Posição como Terceiro Estado com Mais Imigrantes dos EUA

Atualmente, um número recorde de pessoas está se mudando para a Flórida.

SAMANTHA DI KHALI

Divulgação

Recentemente, um juiz federal bloqueou temporariamente uma lei da Flórida que criminaliza o transporte de imigrantes indocumentados, citando os receios que provoca entre os que viajam com eles. A providência cautelar suspende uma parte essencial da lei enquanto prosseguem as ações judiciais. A medida resulta de uma ação judicial movida pela Farmworker Association of Florida, que argumentou que a lei era inconstitucional e prejudicial para as famílias de imigrantes. A lei, apoiada pelo governador Ron DeSantis, entrou em vigor em julho de 2023 e criminaliza qualquer pessoa que transporte imigrantes indocumentados para o estado.

A Flórida tem uma longa história como lar de muitos imigrantes, 57,2% dos quais são cidadãos naturalizados. Cerca de 21,6% dos residentes do estado são estrangeiros, e 9,9% dos residentes nascidos nos EUA vivem com pelo menos um dos pais imigrantes. Os imigrantes representam 26,6% da força de trabalho da Flórida e desempenham um papel crucial na economia do estado. Eles constituem 36,3% dos empresários, 25,3% dos trabalhadores STEM e 25,9% dos enfermeiros do estado. Como vizinhos, proprietários de empresas, contribuintes e trabalhadores, os imigrantes são parte integrante das diversas e prósperas comunidades da Flórida, fazendo grandes contribuições que beneficiam a todos. A Califórnia, a Flórida, Nova Jersey e o Texas registaram os maiores aumentos, sendo que a Flórida e o Texas aumentaram, cada um, mais de 850.000 pessoas nascidas no estrangeiro, o que faz da Florida ficar em terceiro lugar em número de imigrantes estrangeiros.

Atualmente, um número recorde de pessoas está se mudando para a Flórida. O que antes era um destino popular para aposentados, agora atrai jovens pelo clima agradável, pela ausência de imposto sobre o rendimento e por mais oportunidades de emprego.

Os vistos mais populares são os baseados na família e no emprego. O visto baseado na família permite que cidadãos americanos e residentes permanentes legais patrocinem membros da família (cônjuges, filhos e pais) elegíveis para residência permanente (green card). Já o visto de imigração baseado no emprego permite que estrangeiros com competências ou qualificações exigidas assegurem a residência permanente através do patrocínio de uma empresa ou não.

Segundo a advogada de imigração, Ingrid Domingues McConville, uma das perguntas mais frequentes é sobre o tempo de aprovação dos processos. No caso de um processo familiar, o tempo atual é de 10 a 14 meses. Para vistos baseados em emprego, o tempo é de 8 a 10 meses. Entretanto, é necessário considerar o tempo de preparação de cada processo, que, embora pareça preestabelecido, depende das peculiaridades e necessidades de cada cliente.

Obtenha mais informações sobre vistos para EUA: @dmvisalaw

 


Notícia distribuída pela saladanoticia.com.br. A Plataforma e Veículo não são responsáveis pelo conteúdo publicado, estes são assumidos pelo Autor(a):
Samantha di Khali Comunica
samantharunin@gmail.com


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp