Portal Pará Publicidade 1200x90
25/06/2024 às 16h33min - Atualizada em 28/06/2024 às 00h00min

Ney Leprevost cobra do Governo Lula repasse de vacinas contra hepatite

O pedido do deputado estadual tem como base um surto da doença na cidade de Curitiba

EMILIA SILVEIRA
Assessora de Imprensa - Madu Eurich

Vacinas


CURITIBA, 25/06/2024 - O deputado Ney Leprevost, coordenador da Frente Parlamentar da Medicina na Assembleia Legislativa do Paraná, encaminhou um expediente oficial ao Ministério da Saúde requerendo o repasse urgente de vacinas contra a Hepatite A para combater o surto da doença em Curitiba (PR).
 
Segundo dados divulgados nesta segunda-feira (24), pelo Centro de Epidemiologia da Secretaria Municipal da Saúde, o surto de Hepatite A na capital paranaense tem registrado casos graves, que muitas vezes precisaram de hospitalização. Entre os 353 casos confirmados em 2024, 209 pacientes precisaram ser internados e 12 necessitaram de cuidados intensivos em Unidade de Terapia Intensiva (UTI). O município também registrou cinco óbitos e um transplante hepático em decorrência da doença.
 
“Diante desta emergência de saúde pública em Curitiba, como coordenador da Frente Parlamentar da Medicina estou solicitando providências imediatas para a disponibilização urgente da vacina contra Hepatite A em todas as unidades de saúde, assegurando acesso facilitado e gratuito à imunização para todos os cidadãos elegíveis”, afirmou Leprevost.
 
Vale destacar que entre os sintomas mais frequentes da Hepatite A estão a falta de apetite, mal-estar geral, enjoo, febre e fadiga, além da evolução para olhos e pele amarelados, urina escura e fezes esbranquiçadas.
 
No Sistema Único de Saúde (SUS) existe vacina contra a Hepatite A no calendário vacinal das crianças e também para públicos específicos, como pessoas vivendo com HIV, transplantados, doadores de órgãos sólidos e alguns casos de imunossupressão. Quem já foi imunizado na infância está protegido contra a doença, assim como quem já contraiu o vírus A da Hepatite. Para os demais públicos, esse imunizante está disponível em clínicas privadas.
 

 

Notícia distribuída pela saladanoticia.com.br. A Plataforma e Veículo não são responsáveis pelo conteúdo publicado, estes são assumidos pelo Autor(a):
MARIA EMILIA RODRIGUES SILVEIRA
emilia@pmaisg.com.br


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp