Portal Pará Publicidade 1200x90
26/06/2024 às 09h41min - Atualizada em 30/06/2024 às 00h00min

Controle estratégico de carrapatos resulta em pecuária mais lucrativa

. Parasitas impactam em bilhões de reais a rentabilidade da atividade . Bem-estar dos bovinos também é comprometido de forma importante . Manejo de soluções para saúde dos bovinos deve ser feito com inteligência

Texto Comunicação

Livre
A pecuária de corte sofre com a ação periódica de diversos parasitas que se aproveitam do ambiente e da facilidade de acesso aos bovinos para comprometer o seu desempenho, seja na produção de leite ou no ganho de peso. Pelas características do Brasil com clima predominantemente tropical, o carrapato é um dos parasitas que mais causam prejuízos econômicos e de bem-estar para a atividade. “Além de se alimentar do sangue dos bovinos, os carrapatos podem transmitir doenças, que pioram ainda mais esse cenário”, alerta Felipe Pivoto, gerente de serviços técnicos de bovinos e equinos da Vetoquinol Saúde Animal.

Um dos principais carrapatos é o Rhipicephalus (Boophilus) microplus, conhecido como carrapato-do-boi. Há solução veterinária para resolver esse problema, porém o uso indiscriminado tem gerado espécies cada vez mais resistentes a diferentes princípios ativos. “No campo falta conhecimento. Por isso, é importante que o pecuarista sempre tenha ao seu lado um especialista para orientar o melhor tratamento”, ressalta Pivoto.

Os princípios ativos fluazuron e eprinomectina são importantes aliados do combate aos carrapatos. “Uma vez identificada a infestação na propriedade, é preciso implementar o melhor protocolo para eliminar o inimigo, que tanto aflige o bem-estar dos bovinos e drena boa parte da lucratividade da fazenda”, explica Pivoto. O Brasil perde bilhões de reais anuais na pecuária pela atuação de diferentes parasitas, com destaque para os carrapatos.

A Vetoquinol Saúde Animal desenvolve tecnologias que auxiliam os pecuaristas a controlar a propagação de pragas, como os carrapatos. A empresa oferece o antiparasitário Bullmax® Premium. Composto de 10% de fluazuron e 4,8% de eprinomectina, o produto atua de forma extremamente eficaz contra os carrapatos da espécie Rhipicephalus (Boophilus) microplus.

“É uma ótima solução que também controla outros parasitas, como a mosca-dos-chifres (Haematobia irritans) e os nematódeos gastrointestinais. Porém, é importante que o pecuarista tenha consciência quanto ao período de descarte para ter sucesso no controle sanitário e na oferta de alimentos saudáveis, seguros e de alta qualidade”, finaliza Pivoto.

Sobre a Vetoquinol Saúde Animal
A Vetoquinol Saúde Animal está entre as 10 maiores indústrias de saúde animal do mundo, com presença na União Europeia, Américas e região Ásia-Pacífico. Em 2023, o faturamento global foi de € 529 milhões. Com expertise global conquistada ao longo de 90 anos de atuação, a empresa também cresce no Brasil, onde expande suas atividades desde 2011. Grupo independente, a Vetoquinol projeta, desenvolve e comercializa medicamentos veterinários e suplementos destinados à produção animal (bovinos e suínos), animais de companhia (cães e gatos) e equinos. Desde sua fundação, em 1933, na França, combina inovação com diversificação geográfica.

O crescimento do grupo é impulsionado pelo reforço do seu portfólio de soluções associado a aquisições em mercados de alto potencial de crescimento, como a brasileira Clarion Biociências, incorporada em 2019.

No Brasil, a Vetoquinol tem sede administrativa em São Paulo (SP) e planta fabril em Aparecida de Goiânia (GO), atendendo todo o território nacional. Em termos globais, gera mais de 2,5 mil empregos.
 

Notícia distribuída pela saladanoticia.com.br. A Plataforma e Veículo não são responsáveis pelo conteúdo publicado, estes são assumidos pelo Autor(a):
Irvin Dias Costa de Souza Garcia
irvin@textoassessoria.com.br


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp